Você está em : Biblioteca > Artigos

O que acontece com o organismo após a prova e como se recuperar.

Depois de uma prova de endurance algumas alterações metabólicas podem prejudicar o retorno aos treinos. Inúmeros danos são causados ao organismo, como desequilíbrio hidroeletrolítico, lesões das fibras musculares, imunodepressão e agravamento de lesões crônicas. Pesquisas com triatletas mostram que após a prova o nível do estresse oxidativo (aumento de redicais livres no corpo) é muito elevada e a inflamação sistêmica causada pela prova só se estabiliza após 5 dias, mostrando-se ausente apenas após 12 dias!

Por isso para a recuperação correta além de sono, redução dos volume e intensidade dos treinos, descanso e muita água a alimentação logo após a prova e nos dias conseguintes se mostra fundamental para o retorno das funções normais do organismo.

Algumas pesquisas com foco na recuperação mostram que bebidas contendo carboidratos e proteínas em uma proporção adequada associadas a antioxidantes, como o Exceed Restore4, quando ingeridas até 30 minutos após a prova favorecem a recuperação e o desempenho, ajudam a repor o glicogênio muscular e reduz marcadores sanguíneos de danos musculares. Para restaurar a imunidade, nos dias seguíntes à prova, além do aumento do consumo de antioxidantes por meio de frutas verduras e legumes a ingestão do aminoácido glutamina suplementar otimiza esse processo e deve ser feito na forma suplementar, com o uso de pro exemplo a Exceed L-Glutamine todos os dias.